Imprimir amigável, PDF e e-mail

Ser vacinado no trabalho será possível, sob certas condições. A partir de quinta-feira, 25 de fevereiro, pessoas de 50 a 64 anos com comorbidades poderão receber a vacina AstraZeneca por seu médico assistente, mas também por seu médico do trabalho. A Direção-Geral do Trabalho publicou um protocolo de vacinação em 16 de fevereiro.

Quem pode ser vacinado?

Inicialmente, apenas funcionários de 50 a 64 anos com comorbidades (doenças cardiovasculares, diabetes instável, hipertensão, obesidade, doenças respiratórias crônicas, etc.) poderão ser vacinados.

Vacinação voluntária

A vacinação será baseada no trabalho voluntário de médicos do trabalho e funcionários. Deve ser oferecido aos funcionários, “Que deve fazer a opção explícita de ser vacinada pelo médico do trabalho, na medida em que essas pessoas também podem optar pela vacinação do médico assistente”, especifica o protocolo.

Assim como os clínicos gerais, os médicos do trabalho voluntários foram convidados, desde 12 de fevereiro, a se aproximarem de

Continue lendo o artigo no site original →

LEIA  Remuneração e subsídio parcial de atividade: postergação do corte tarifário