Imprimir amigável, PDF e e-mail

Mais protetor de leis extra-europeias

SecNumCloud versão 3.2 critérios de proteção explícitos em relação a leis não europeias. Esses requisitos garantem assim que o provedor de serviços em nuvem e os dados que ele processa não podem estar sujeitos a leis não europeias. O SecNumCloud 3.2 também integra o feedback das primeiras avaliações e especifica o requisito para a implementação de testes de penetração ao longo do ciclo de vida da qualificação. Relativamente às soluções já qualificadas SecNumCloud, mantêm a sua segurança Visa e a ANSSI apoiará se necessário as empresas em causa para assegurar a transição.

“Para promover um ambiente digital protetor que acompanhe os desenvolvimentos tecnológicos, inclusive para os dados e aplicativos mais críticos, é essencial a identificação de serviços de nuvem confiáveis. A qualificação SecNumCloud contribui para atender a essa necessidade, atestando um nível muito alto de exigência em termos de segurança digital, tanto do ponto de vista técnico, operacional quanto legal”, especifica Guillaume Poupard, Diretor Geral da ANSSI.

A estratégia de avaliação do SecNumCloud

Todos os serviços em nuvem são elegíveis para qualificação SecNumCloud. Com efeito, a qualificação é adaptável às diferentes ofertas: SaaS (Software

LEIA  Aumente sua referência natural com o casulo semântico