Neste curso em vídeo, ministrado por Didier Mazier, você aprenderá como melhorar e otimizar a experiência do usuário (UX) do site da sua empresa. Após a primeira lição introdutória, você estudará e analisará o comportamento do usuário e os padrões de tráfego. Você aprenderá como manter e otimizar a estrutura, navegação, layout e design do seu site, bem como seu conteúdo textual e gráfico. Por fim, você descobrirá outro aspecto importante da experiência do cliente: a arte de conquistar e reter clientes.

A experiência do usuário (UX) é um conceito que nasceu por volta dos anos 2000

É um termo usado para descrever a experiência do usuário associada às interfaces homem-máquina. Por exemplo, telas sensíveis ao toque, painéis e smartphones. Especialmente em instalações industriais inicialmente.

Ao contrário da usabilidade, a experiência do usuário não tem apenas benefícios práticos e racionais, mas também impacto emocional. O objetivo da abordagem UX é criar uma experiência agradável, mantendo o resultado final.

O design de experiência do usuário (UX) pode ser aplicado à web porque reúne todos os elementos que compõem uma experiência real do usuário.

UX é a chave para criar um site que atrai visitantes e clientes. Reúne uma série de elementos, que juntos terão um impacto positivo no seu negócio:

  • Ergonomia de sucesso a serviço do sucesso.
  • Um design atraente e adaptável do site.
  • Uma escolha de paleta de cores harmoniosa.
  • Navegação suave.
  • Carregamento rápido da página.
  • Conteúdo editorial de qualidade.
  • Consistência geral.
LEIA  O ecossistema perfeito para vender facilmente no Facebook

Além da abordagem ergonômica, a experiência do usuário é derivada diretamente do experimento científico. Envolve especialistas de diferentes ramos para atingir um objetivo comum.

Podemos pensar nos especialistas em vídeo e comunicação que mobilizam emoções, nos engenheiros que criam interfaces de usuário rápidas e eficientes, nos especialistas em ergonomia que garantem a facilidade de uso e, claro, nos profissionais de marketing que despertam o interesse do público-alvo. As emoções e seus impactos são muitas vezes a principal força motriz.

Dez mandamentos para a experiência do usuário.

Aqui está um resumo dos dez aspectos mais importantes de uma boa experiência do usuário, extraído de uma apresentação no SXSW Interactive 2010.

Aprenda com os próprios erros: fracasso não é uma coisa ruim. Por outro lado, não levar em conta para melhorar é amadorismo.

Planeje primeiro: mesmo se você estiver com pressa, não há necessidade de pressa. É melhor refletir, planejar e agir.

Não use soluções prontas: copiar e colar não traz valor agregado. Criar um site não é apenas instalar um CMS gratuito.

Inventar: uma boa solução para o projeto X não funcionará para o projeto Y. Cada caso é único. Todas as soluções são.

Entenda o objetivo: Quais são os objetivos? Qual é a maneira mais eficaz de atingir esses objetivos?

O imperativo da acessibilidade: Certifique-se de que o site que você cria seja acessível a todos, independentemente do conhecimento, habilidades ou equipamentos.

Está tudo no conteúdo: você não pode criar uma boa interface do usuário sem conteúdo.

LEIA  Shopify: Configure o nome de domínio

A forma depende do conteúdo: o conteúdo impulsiona o design, e não o contrário. Se você fizer o oposto e pensar principalmente em gráficos, cores e imagens, estará em apuros.

Coloque-se no lugar do usuário: o usuário define o sistema, é de acordo com ele e sua satisfação que tudo começa.

Os usuários estão sempre certos: mesmo que eles não tenham a abordagem mais tradicional, você precisa segui-los e proporcionar a eles a melhor experiência possível que corresponda à maneira como eles compram, pensam e navegam no site.

 

Continue lendo o artigo no site original →