Imprimir amigável, PDF e e-mail

O que significa “falar chinês”? Mais do que uma língua chinesa, existe Línguas chinesas. Uma família de 200 a 300 línguas, dependendo das estimativas e classificações de línguas e dialetos, que reúne 1,4 bilhão de falantes… ou uma em cada cinco pessoas em todo o mundo!

Siga-nos até aos confins do Reino do Meio, um gigantesco território formado por campos de arroz, colinas, montanhas, lagos, aldeias tradicionais e grandes cidades modernas. Vamos descobrir juntos o que une (e desunida) as línguas chinesas!

Mandarim: unificação através da linguagem

Por abuso de linguagem, costumamos usar o termo Chinês para denotar o mandarim. Com cerca de um bilhão de alto-falantes, não é apenas a primeira língua chinesa, mas também a língua mais usada no mundo.

Ao contrário da Índia, também conhecida pelo seu multilinguismo, a China optou por uma política de unificação linguística no século XX. Onde as línguas regionais continuam a animar as conversas no subcontinente indiano, o mandarim se estabeleceu nacionalmente na China. O país reconhece apenas um idioma oficial: mandarim padrão. É uma versão codificada do mandarim, ela própria baseada no dialeto de Pequim. Mandarim padrão também é ...

Continue lendo o artigo no site original →

LEIA  Degradação da saúde, trabalho e prevenção