Imprimir amigável, PDF e e-mail

Como Ornela, uma mãe dinâmica de 33 anos que mora perto de Rungis, conseguiu passar do status de Procuradora de Emprego para Assistente de RH em um ano? Ao mesmo tempo em que obtinha seu diploma do IFOCOP e gerenciava sua vida familiar sem se colocar em constrangimento financeiro? A maneira mais fácil é fazer a pergunta a ele.

Ornela, você está começando o ano com muita força, pois na época desta entrevista você acaba de conseguir um emprego como Auxiliar de RH!

Sim, e estou muito feliz (sorriso). Isso só reforça minha convicção de que fiz a escolha certa ao iniciar minha reciclagem profissional por meio de treinamentos.

Você fez o curso de treinamento do HR Assistant com o IFOCOP. Mas de que universo profissional você vem? E qual é a sua trajetória de formação inicial?

Eu estava inicialmente predestinado para o setor de turismo. Depois do meu BAC geral, também fiz um BTS em vendas e produção de turismo, que infelizmente não tive a oportunidade de validar, após uma mudança na vida pessoal que me levou a deixar minha Normandia natal para a região de Paris. A primeira urgência foi então encontrar um emprego para

Continue lendo o artigo no site original →

LEIA  Profissões digitais para inventar o mundo de amanhã