Imprimir amigável, PDF e e-mail

Transferência de horas DIF para o CPF: lembretes

Desde 2015, a conta personal training (CPF) substitui o direito individual à formação (DIF).

Para as pessoas que eram funcionários em 2014, é sua responsabilidade tomar as medidas necessárias para transferir seus direitos ao abrigo do DIF para sua conta de treinamento pessoal. A transposição para o CPF não é automática.

Se os funcionários não fizerem essa etapa, seus direitos adquiridos serão perdidos para sempre.

Você deve saber que, originalmente, a transferência precisava ser feita até 31 de dezembro de 2020. Mas foi concedido tempo adicional. Os funcionários envolvidos têm até 30 de junho de 2021.

Transferência de horas DIF para o CPF: empresas podem informar funcionários

Com o objetivo de sensibilizar os titulares de direitos para o DIF, o Ministério do Trabalho está a lançar uma campanha de informação junto dos colaboradores, empresas, federações profissionais e parceiros sociais.

Sob certas condições, até 31 de dezembro de 2014, os funcionários poderiam adquirir até 20 horas de direito ao DIF por ano, até o limite máximo de 120 horas cumulativas.
O Ministério do Trabalho especifica que para uma pessoa que nunca fez uso de seus direitos, isso pode representar um ...

Continue lendo o artigo no site original →

LEIA  O básico do Google Docs