Imprimir amigável, PDF e e-mail

Três grandes avanços para a certificação europeia

O procedimento para a adoção do ato de implementação do primeiro esquema de certificação EUCC (Critérios Comuns da UE) deve começar no primeiro semestre de 1, enquanto a elaboração do segundo esquema EUCS – para provedores de serviços em nuvem – já está em fase de finalização.
Quanto ao terceiro esquema EU5G, acaba de ser lançado.

ANSSI, autoridade nacional de certificação de segurança cibernética

Como um lembrete, o Lei de Segurança Cibernética, adotada em junho de 2019, concedeu a cada Estado-Membro dois anos para designar a autoridade nacional de certificação de cibersegurança, em conformidade com as disposições do regulamento. Para a França, a ANSSI assumirá o papel. Como tal, a agência será responsável, nomeadamente, pela autorização e notificação dos organismos de certificação, pelo controlo e supervisão dos regimes europeus de certificação implementados, mas também, para cada regime que o preveja, pela emissão de certificados com elevado nível de garantia.

Para ir mais longe

Quer entender melhor o Lei de Segurança Cibernética ?
Neste episódio do podcast NoLimitSecu, que acaba de ser publicado, Franck Sadmi – responsável pelo projeto "Certificações alternativas de segurança" da ANSSI – intervém para apresentar os principais princípios e objetivos do Lei de Segurança Cibernética.

Continue lendo o artigo no site original →

LEIA  Coleta Física: 1- Eletricidade