Imprimir amigável, PDF e e-mail

Criado no final de 2018 em resposta ao movimento de coletes amarelos, o bônus excepcional de poder de compra, mais conhecido pelo nome de bônus "Macron", não deve ser renovado em 2021, segundo Les Echos.

O dispositivo, que permite aos empregadores oferecerem aos empregados, com rendimento até três salários mínimos, um abono isento de imposto de renda e contribuições sociais até o limite de € 1 ou € 000 se a empresa tiver assinou um acordo de participação nos lucros, no entanto, teve grande sucesso neste ano.

Até ao dia 1 de outubro, mais de 5 milhões de pessoas já haviam recebido um bônus no valor total de 2,3 bilhões de euros. Em 2019, foram 4,8 milhões a receber um, no valor total de 2,2 mil milhões de euros. Em média, os funcionários receberam € 458, em comparação com € 400 no ano passado ...

LEIA  Builderall: Usando Builderall para vender como afiliado